Saúde fala sobre como combater o Aedes aegypti

Saúde
foto-01

Como combater o Aedes aegypti? O controle depende de medidas simples que a população pode ajudar, como por exemplo, eliminar todos os criadouros do mosquito Aedes aegypti, causador da dengue, zika e chikungunya. Não existe uma receita mágica contra o problema, tudo depende da parceria de todos.

O calor e o período de chuvas bem definido foram determinantes para que o Brasil se tornasse um lugar ideal para chegada do Aedes aegypti. Desde o começo do século XX ele luta para sobreviver e se tornou mais resistente, o que contribui para casos de epidemia pelo país. Cidades como Andradina, Ilha Solteira, Guaraçai, entre outras, sofrem com os casos de dengue.

Não importa se você mora em casa ou apartamento, o mosquito Aedes aegypti pode encontrar um lugar com água parada para depositar os ovos e se reproduzir. Por isso, é muito importante verificar todos os pontos que possam acumular água. É preciso ficar de olho em tudo para evitar que o mosquito encontre algum espaço para se reproduzir.

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Mirlene Cristina de Freitas Garcia reforça o papel que o cada buritamense precisa desempenhar para evitar a proliferação do mosquito. “É fundamental que cada morador faça sua parte, se cada um cuidar do seu espaço, se não deixar água parada, não haverá dengue”, enfatizou.

Não basta somente limpar os pratos dos vasos de plantas. Todo objeto que acumule água é um criadouro em potencial, como brinquedos deixados no jardim, plantas aquáticas e o lixo doméstico. As pessoas têm o hábito de descartar recipientes abertos. Uma garrafa com a tampinha, por exemplo, pode se tornar dois criadouros. Se o descarte for feito com a garrafa fechada, já eliminamos dois possíveis focos de dengue. A população precisa se apoderar do seu ambiente, do seu espaço, e tomar todos os cuidados necessários.

Dicas contra a dengue: faça a sua parte

Aproveite para fazer uma boa faxina: jogue fora objetos sem uso como pneus, garrafas, latas, potes, copos e sacolas plásticas.

Coloque terra nos pratinhos dos vasos de plantas para evitar o acúmulo de água. Lave e troque a terra semanalmente.

Contribua com o seu bairro: lixo jogado nas ruas, calçadas e terrenos baldios pode ser foco de dengue. Mantenha a cidade limpa!

Texto e foto: Assessoria de Imprensa

Publicação: 15-02-2019

Ler também

01

Saúde realiza palestra sobre prevenção aos escorpiões no CRAS

Para conscientizar os participantes dos projetos Bolsa Família e Renda Cidadã, o Departamento de Saúde realizou ontem (18), no

Leia Mais...
foto-01

Ação de dedetização acontece em bairros da cidade

O Governo do Município, em parceria com o Serviço Autônomo de Água, Esgoto e Meio Ambiente (SAAEMB) e Departamento

Leia Mais...

Mobile Sliding Menu