Falta uma semana para encerrar a vacinação contra gripe

Saúde
foto-04

Falta apenas uma semana para terminar a campanha nacional de vacinação contra a gripe e cerca de 64,36% do público-alvo foram imunizados, totalizando 2.982 pessoas. A meta é vacinar 90% dos grupos e o Departamento de Saúde aplica a vacina até o dia 31 de maio. A 21ª edição começou no dia 10 de abril. O serviço é gratuito e oferecido das 8h às 17h nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) Jaime Pinto Cunha e Nicola Lavechia.

A recomendação da OMS (Organização Mundial da Saúde), diz que a vacina de 2019 previne contra o vírus Influenza dos tipos A (H1N1), A (H3N2) e B e os subtipos mais comuns no Hemisfério Sul. Além disso, a vacina ajuda a prevenir infecções virais e bacterianas em decorrência da gripe.

Segundo a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Mirlene Cristina de Freitas Garcia, a vacina não causa gripe. A única contraindicação é para pessoas alérgicas a algum componente da vacina, por exemplo, a clara dos ovos utilizada da composição. “A campanha está terminando e é preciso que as pessoas se conscientizem e tomem a vacina, o frio está chegando, por isso, que é importante vacinar para evitar complicações nessa época do ano”, completou.

Dados do Departamento de Saúde, apesar da meta geral ainda não ter sido alcançada, dois grupos já ultrapassaram os 90%: puérperas (100%) e professores (111,67%). Dados parciais divulgados ontem (15) da campanha apontam os seguintes números: crianças (47,57%) foram vacinadas, trabalhador da saúde (74,18), gestantes (72,39%), idosos (66,04%) e comorbidades (64,78%). A cobertura total dos grupos está em 64,36%.

NOVAS AÇÕES

O Departamento de Saúde realiza na próxima quarta-feira, 29 de maio, em dois períodos (12h e 17h), na escola Odete Feroldi, campanha de vacinação contra a gripe, além disso, também serão vacinadas pessoas acamadas. A ação está acontecendo em outra escola infantil (Castro Alves).

QUEM PODE VACINAR?

  • Crianças de 6 meses a 5 anos e 11 meses;
  • Gestantes e puérperas (mães que deram à luz há menos de 45 anos);
  • Idosos com mais de 60 anos;
  • Profissionais de saúde, professores da rede pública e privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.
  • Portadores de doenças crônicas que fazem acompanhamentos pelo SUS também tem direito à vacinação gratuita.

Texto e foto: Assessoria de Imprensa

Publicação: 24-05-2019

Ler também

foto-01

Prefeito Rodrigo assina convênio para instalação do sistema ‘Detecta’ na cidade

O prefeito Rodrigo Zacarias dos Santos assinou o convênio com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo para

Leia Mais...
foto-01

Buritama é destaque nacional em índice de governança

Buritama ficou em 7º lugar na classificação nacional e em 3º colocação no Estado de São Paulo no levantamento

Leia Mais...
foto-01

Acontece hoje semifinal do ‘Buritama tem talento’

Acontece hoje (14), às 20h, no anfiteatro municipal ‘Elídio Rodrigues’, a semifinal do Festival ‘Buritama tem talento’. Serão 27

Leia Mais...

Mobile Sliding Menu