12ª Conferência da Assistência Social é realizada em Buritama

Assistência e Desenvolvimento Social
01

Aconteceu hoje (18), no anfiteatro municipal ‘Elídio Rodrigues’, a 12ª Conferência da Assistência Social, em Buritama. O tema dessa edição foi ‘Assistência Social é um direito: Evolução e Desafios do SUAS no Estado de São Paulo’, apresentado pelo advogado Alexandre Gil de Mello.

O objetivo da ação foi fortalecer o debate e a luta pela manutenção da política pública de assistência social para minimizar a desigualdade no País. Durante o evento, os participantes foram divididos em três eixos: Financiamento do Sistema Único de Assistência Social; Gestão de Serviços, Programas, Projetos e Benefícios; e Participação e Controle Social.

Segundo a coordenadora do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Rosangela Pereira Valões de Almeida, o evento buscou avaliar e propor ações na melhoria de atendimento dos direitos dos usuários com formulação de políticas públicas para a realidade do município. “É por meio das conferências que é possível debater, ratificar e garantir os direitos dos usuários”, esclareceu.

Para a diretora da Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, a conferência neste momento, traduz-se como um movimento em defesa da democracia e das políticas públicas de assistência social. “É importante citar que estamos vivenciando um desfinanciamento das políticas públicas, comprometendo a sobrevivência das famílias, agravado pelo avanço da pobreza, desemprego e das desigualdades”, explicou.

Gislaine afirmou ainda que o evento constitui um ato de reafirmação, fortalecimento e defesa da democracia e do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). “Reunimos usuários, trabalhadores, entidades, gestores e conselheiros para debater os principais desafios da assistência social, entre eles, a garantia do direito constitucional, que precisa de financiamento público suficiente, da participação e controle social, dessa forma, poderemos traçar novas estratégias e enfrentar os atuais desafios, para que o direito de fato, seja reconhecido”, finalizou a gestora.

De acordo com a presidente do Fundo Social de Solidariedade, Sirley Zacarias dos Santos, os temas apresentados buscaram debater sobre a garantia dos direitos dos cidadãos. “A meta é ampliar o entendimento dos usuários e apresentar novas discussões que sejam pertinentes dentro das políticas públicas voltadas a assistência social”, frisou.

O evento foi aberto ao público, já que a assistência social é o setor que oferece ao cidadão à proteção social e à cidadania, por meio dos projetos, programas assistenciais e serviços que apoiam o indivíduo, a família e a comunidade.

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa

Publicação: 18-09-2019

Ler também

dsc_0429

Começa nesta segunda nova etapa da Campanha de Vacinação contra o Sarampo

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo começa na próxima segunda-feira (18) em todo o

Leia Mais...
01

Evento incentiva a qualificação profissional no setor de turismo

O diretor de Cultura e Turismo, Wilton Rosalino Borges, participou ontem (13), em Lourdes, do seminário “Eventos Turísticos no

Leia Mais...
foto-01

Ministério do Turismo oferece curso gratuito de qualificação profissional

O Ministério do Turismo está com inscrições abertas para o curso de “Gestor de Turismo”. É uma qualificação profissional

Leia Mais...

Mobile Sliding Menu