Alunos criam maquete para refletir sobre o desmatamento na Amazônia

Educação
01

“Quando a última árvore tiver caído, quando o último rio tiver secado, quando o último peixe for pescado, vocês vão entender que dinheiro não se come” (Greenpeace). Foi com essa frase que os alunos Matheus Torres Ribeiro e Lucas Mendes, do 3º ano B, concluíram a maquete sobre a Amazônia. O projeto é da professora Alice Gomes Contel, da escola municipal Maria do Carmo Cunhas Guerbas, de Buritama, e contou com a participação de 47 alunos, entre 8 e 9 anos.

Os pequenos aprenderam sobre a importância da Amazônia e os riscos para o meio ambiente quando acontecem desmatamento, queimadas, aquecimento global, tráfico de animais e a extinção de espécies. A meta do trabalho foi valorizar as boas práticas de preservação do meio ambiente, estimular o trabalho em grupo e despertar a criatividade.

Matheus, com 8 anos, explicou que o trabalho contou com a ajuda dos seus pais. “Com o trabalho, mostramos para as pessoas o que está acontecendo na Amazônia. Muitas coisas erradas como desmatamento e poluição”, explicou. Para Lucas, de 8 anos, a apresentação foi feita em dois momentos: o primeiro mostrou o desmatamento, o segundo, como deveria ficar a principal floresta brasileira. “É preciso cada um ajudar a proteger a Amazônia. Ela que ajuda no ar que respiramos”, disse.

De acordo com a professora, os alunos utilizaram isopor e brinquedos, aliados ao desejo de aprender para confeccionar as maquetes. Todos as crianças, auxiliadas pela professora, atuaram no aprendizado. “O objetivo foi trabalhar a conscientização sobre a importância das florestas para o futuro das crianças”, comentou Alice.

Ela destacou ainda que o trabalho teve pontos positivos entre as crianças. “Muitos pais ajudaram os alunos a confeccionar as maquetes despertando, portanto, uma conscientização ambiental em todos da família. Alguns alunos relataram que os pais começaram a reciclar o lixo doméstico e passaram a demonstrar grande preocupação com o futuro que deixarão para as próximas gerações”, frisou.

Para ampliar o debate, os alunos participam nesta semana do desafio de confeccionar cinco brinquedos com materiais recicláveis, entre eles, pé de lata, vai e vem, bola de meia, jogo das 5 marias e peteca. “Essa atividade é de grande importância para resgatar as brincadeiras de antigamente e também para despertar a criatividade e o consumo consciente nas crianças”, concluiu.

Ler também

foto-01

Começou maratona de filmes de Harry Potter no Centro Cultural

Começou ontem (21) a maratona de filmes do bruxo mais famoso do cinema. Hoje (22), às 14h, a sessão

Leia Mais...
foto-01

Saúde realiza prestação de contas na Câmara Municipal no dia 28

O Governo do Município, por meio do Departamento de Saúde, convida a população para participar da prestação de contas

Leia Mais...

Mobile Sliding Menu