Fundo Social oferece curso gratuito para gestantes em Buritama

Assistência e Desenvolvimento Social
01

O Departamento Municipal de Assistência Social em parceria com o Fundo Social de Solidariedade de Buritama encerrou na última quinta-feira (14), o projeto ‘Mamãe Bebê Social’. O curso de gestantes reuniu 25 mulheres, durante nove encontros. O objetivo é atender famílias em vulnerabilidade ou risco social prioritariamente gestante com menos de 20 anos. A meta é oferecer orientações sobre a gestação, parto e cuidados com o recém-nascido. O projeto recebe mulheres até o sexto mês de gestação de famílias referenciadas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Participam do projeto profissionais da rede socioassistencial e intersetorial como enfermeiro, nutricionista, psicólogo, assistencial social, médico, monitor e orientador social que falam sobre acolhimento e orientação a mãe gestante, doença sexualmente transmissível, violência contra as crianças, mulheres e idosos, arboviroses (ênfase microcefalia), alimentação na gestação, trabalho de parto e cuidados com o bebê, amamentação, vínculo afetivo, além da entrega do enxoval.

A diretora da Assistência e Desenvolvimento Social, Gislaine Murakami Rodrigues, informou que as mães receberam no kit com 30 itens, entre eles, banheira, fraldas em tecido e descartável, mantinha, toalha de banho, toalha de boca, cueiros, macacão, mijão, body, meia, escova, pente e uma sacola. Além das palestras, Gislaine disse que as mães realizaram o ornamento nas fraldas e flanelas com crochê. Este ano, as participantes aprenderam a confeccionar manta de algodão, customizada de acordo com o gosto de cada gestante.

“O projeto tem ainda como objetivo de assegurar a garantia do direito à gestante pelo benefício eventual – auxílio natalidade -, conscientizando sobre as políticas públicas implementadas no município de acordo com a política nacional de assistência social, é possível, portanto, construir uma rede de trabalho setorial composta por agentes profissionais multidisciplinares”, disse Gislaine.

Para a presidente do Fundo Social, Sirley Zacarias dos Santos, o curso foi elaborado para que as mães se sintam seguras e tenham tranquilidade nestes momentos essenciais para a formação do vínculo com o filho. “Acreditamos no resultado positivo do projeto, em que as gestantes passam a fazer também em suas residências as peças do enxoval, após receberem as instruções para a confecção, enquanto participam das atividades antes do parto”, concluiu.

O projeto acontece duas vezes ao ano, com uma turma por semestre. Informações (18) 3691-1535 ou no prédio do Fundo Social de Solidariedade localizado na rua Marechal Deodoro, 755, Livramento, com atendimento das 7h às 11h e das 13h às 17h.

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa

Publicação: 19-11-2019

 

Mobile Sliding Menu