Departamento de Saúde realiza ação de combate a Covid-19 em condomínios

Saúde
01

O Governo do Município, por meio do Departamento de Saúde, realizou ontem (23), ação nos loteamentos residenciais de Buritama. O trabalho contou com a participação de funcionários da Divisão de Vigilâncias e o objetivo foi verificar se os locais estão cumprindo as recomendações do governo estadual para reduzir a contaminação pela Covid-19. Os casos crescem pelo interior, litoral e grande São Paulo.

A fiscalização, segundo o Departamento de Saúde, buscou orientar para que os moradores ampliem o isolamento social. Os funcionários explicaram ainda sobre as recomendações de se evitar festas e a entrada de visitantes. A medida faz parte do conjunto de ações desenvolvidas pela gestão municipal para evitar novos casos de coronavírus na cidade.

Segundo dados da Secretaria de Saúde de São Paulo, divulgados nesta sexta-feira (22), o Estado chegou a 76.871 casos confirmados de Covid-19. O vírus continua se espalhando pelo estado e já alcança 500 municípios paulistas, o equivalente a 77,5 % do território. São 5.773 óbitos pelo novo coronavírus, pelo menos 229 municípios registram óbitos. Na sexta, a Organização Mundial de Saúde, declarou que a América do Sul é o novo epicentro da pandemia de Covid-19.

“A fiscalização é importante para conscientizar síndicos sobre os riscos do novo coronavírus para a saúde. Se o número de casos aumentarem, pode haver um colapso nos hospitais da região, portanto, a ação quer orientar os proprietários de residências para não receber parentes e amigos, além de evitar fazer festas”, explicou o diretor de Saúde, Edilson Carlos de Paiva.

O Agente de Saneamento, Luiz Carlos Dias, salientou ainda que a fiscalização também orientou sobre o uso obrigatório de máscaras caseiras, (decreto nº 64.959/2020), o uso de álcool em gel e a importância de lavar as mãos com frequência com água e sabão. “O trabalho nos condomínios é de fundamental importância, já que o município é banhado pelos rios Tietê e Santa Bárbara, logo, é preciso fiscalizar para evitar novos casos na cidade”, disse ao concluir que “devemos isolar-nos, para que quando voltamos a juntar-nos, não falte ninguém”, finalizou.

Texto e fotos: Assessoria de Imprensa

Publicação: 24-05-2020

Mobile Sliding Menu